40º Encontro de Jovens da Oomoto do Brasil Um encontro de gerações para futuras gerações

INTRODUÇÃO

 

O acesso às informações no mundo hoje é muito rápido. Pesquisas científicas, depois de validadas, prontamente ficam acessíveis; cotações de moedas estrangeiras e digitais são descobertas em segundos; notícias do mundo são sabidas ao vivo; conectar com pessoas do mundo inteiro está muito mais fácil e simples. O exemplo mais simples é esse artigo: escrevemos do Brasil e enviamos por e-mail para o nosso pai que está no Japão.

 

Esse é o nosso cenário mundial atual, com um crescimento tecnológico rápido e surpreendente. Essas facilidades ao mesmo tempo que benéficas, podem ser também brutais e até mesmo fatais. Portanto, sempre merecem grande atenção, até mesmo, sabedoria.

 

 

KIHON - PRINCÍPIO

 

Pensando nessas mudanças e evoluções diárias, tentamos sempre inserir temas atuais em atividades que realizamos a jovens, adolescentes e crianças. Em 2013, por ocasião da visita do então presidente do departamento de jovens, o sr. Yasuyoshi Komagata, realizamos nossas principais atividades voltadas ao público de 6 anos a 15 e depois, a partir de 15 anos, com o tema “Agradecendo o passado, construindo o futuro”, pois de nada valia evoluir, sem sermos gratos às gerações anteriores. 

 

Durante a sua estadia para o 40º Curso Infantojuvenil da Oomoto do Brasil, o sr. Komagata levantou muitos pontos interessantes a serem abordados, como o Mottainai, Kihon (princípio), entre outros baseados em uma importante saudação da nossa Guia Espiritual. Suas palavras foram inspiradoras e desde então, com a colaboração do missionário especial Yasuharu Fujimoto, procuramos a fundo entender e estudar diversos ensinamentos da Oomoto. Em reuniões regulares, chegamos ao Estatuto Fundamental da Oomoto, cujo capítulo 11 fala:

 

CAPÍTULO 11 – Quatro Grandes Princípios

 

A Oomoto possui os seguintes quatro grandes princípios como leis fundamentais para trilhar o caminho de Deus:

Princípio da Pureza: caminho para a purificação da alma e do corpo.

Princípio da Alegria: caminho para alegrar-se com tudo no universo.

Princípio do Progresso: caminho para o aperfeiçoamento da sociedade. 

Princípio da Unidade: caminho para a harmonia centrípeta.

 

 

Com base nesses grandes princípios, em 2015 a comissão organizadora realizou o 38º Encontro de Jovens com o tema “Oharai - Purificação” e seguimos usando um dos grandes princípios como tema, então,em 2016, “Rakuten - Otimismo”.

 

 

40º ENCONTRO DE JOVENS DA OOMOTO DO BRASIL

 

Nos dias 22 e 23 de julho de 2017, foi realizado o 40º Encontro de Jovens da Oomoto do Brasil - Progresso, com a participação de 18 participantes de diversas regiões do país, por exemplo, participante de Belo Horizonte-MG, localizado a aproximadamente 800km da sede da Oomoto para América do Sul.

 

Eram participantes com idades a partir de 15 anos que vivem num mundo onde tudo é imediato, rápido e acessível. São muito mais informados e questionadores quando comparadas às outras gerações. Talvez, todo esse cenário promova maior ansiedade e possível sofrimento. Tendo isso em mente, a comissão organizadora do evento procurou abordar o tema Progresso com base nos ensinamentos da Oomoto, bem como utilizar algo rotineiro do nosso dia-a-dia, isto é, a tecnologia, avaliando os prós e os contras.

 

De acordo com dados estatísticos da Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que 1 milhão de pessoas se suicidam por ano no mundo, uma morte a cada 40 segundos. No Brasil, a taxa é alarmante: 5,6 casos para cada 100 mil habitantes, numa população entre 15 a 29 anos de idade. Anualmente, a Associação Brasileira de Psiquiatria e o Conselho Federal de Psicologia promovem o “Setembro Amarelo”, uma campanha de prevenção ao suicídio, já que em muitos casos, a morte poderia ser evitada.

 

Esse foi um subtema trabalhado com cuidado, pois essas taxas também estão muito ligadas com o mau uso da tecnologia. Por exemplo o ciberbullying, um bullying (em japonês é ijiware) perseguições feitas pela internet através de redes sociais (como Facebook, Twitter). Muitas vítimas não conseguem lidar com tamanho sofrimento, adoecem e em casos mais extremos, morrem.

 

Essa é a atual realidade, não dá para simplesmente fechar os olhos e fingir que não acontece. 

Para tanto, muitas atividades organizadas proporcionavam aos participantes a criar e aprimorar ferramentas internas (sentimentos) para se previnir e lidar com determinados tipos de sofrimentos. Por exemplo, para lidar com a ansiedade exagerada, técnicas de respiração e Chinkon. 

 

Além disso, foram promovidas muitas atividades em grupo, procurando exercitar a empatia (a capacidade de se colocar no lugar do outro) e o convívio social para que o verdadeiro e saudável progresso se instale e perdure harmoniosamente. Por exemplo, atividades culinárias em que todos precisavam criar diversos pratos, mas nem todos tinham os ingredientes necessários, sendo preciso trocar entre si.

 

A possibilidade de entrarmos em contato com os nossos pensamentos e sentimentos, isto é, realizar sempre o que o Mestre Hidemaru DEGUCHI nos alerta, refletir ou fazer uma profunda reflexão, nos permite a conhecer com clareza o que devemos aprimorar e a enfrentar e com isso, saber o que deve ser limpo/purificado, seguir em frente com alegria e otimismo, prosperar e progredir, e então, estabelecer uma harmonia conosco e com os outros.

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

© 2018 Associação Religiosa Oomoto do Brasil | Rua Fernando Pessoa, 720 | Jandira | SP